Nos últimos dias, pelo menos 14 empresas foram alvos de atos de vandalismo em Sinop. Não se sabe quem está praticando os atos, mas os proprietários dos receberam informações de que os vândalos usaram armas de pressão para atirar contra vidraças dos estabelecimentos.

As imagens registradas pelas vítimas mostram o estrago causado nas vitrines das lojas em Sinop e até em uma igreja. O dono de um dos imóveis atingidos, Alan Murilo, disse que a empresa dele, que está em reforma, foi alvo de vandalismo no sábado (8).

Estávamos fazendo a reforma e tivemos quatro portas de vidro quebradas. Há alguns dias já tinham quebrado outra porta. Como estávamos na parte final da reforma, não tinha como roubar equipamentos elétricos ou materiais da obra. A intenção era prejudicar mesmo e quebrar as estruturas.

Catorze empresas têm vidraças atingidas com armas de pressão em atos de vandalismo em Sinop (foto: TV Centro América)

A polícia investiga esse caso. Testemunhas contaram que viram um carro, de cor prata, que estaria com pessoas em posse de armas que seriam de pressão. Imagens das câmeras de segurança instaladas no comércio poderão ajudar a identificar quem praticou o vandalismo.

--------------------
Você sabia que o Portal Weese também está no Instagram, no Facebook e no Twitter? Então não perca tempo e siga a gente por lá.