Um haitiano (48) morreu na manhã desta terça-feira (10) logo depois de atacar um policial militar no Bairro Barreiro Branco, em Cuiabá. Consta no Boletim de Ocorrências que a esposa do homem chamou o SAMU, (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) alegando que ele sofria problemas psiquiátricos e estava trancado há dois dias em um quarto da casa onde morava.

Ainda segundo a mulher, ele havia agredido ela no domingo (8). O SAMU foi até o local e comprovou a história da mulher. Depois disso, os paramédicos acionaram a Polícia Militar, uma vez que o homem se negava a sair do quarto. Quando os militares chegaram, o homem saiu do quarto, pegou uma faca e atacou os policiais.

Um dos policiais acabou atingido na cabeça durante a ação. Logo em seguida, os policiais atiraram no homem. Ele foi socorrido pela viatura da PM enquanto o soldado que foi atingido pela facada era atendido pelo médico do Samu.

Haitiano é morto depois de atacar um policial militar em Cuiabá (foto: Polícia Militar)
Haitiano é morto depois de atacar um policial militar em Cuiabá (foto: Polícia Militar)

O haitiano foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Cuiabá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O local foi isolado e uma equipe da Politec (Perícia Oficial e Identificação Técnica) foi ao local. O soldado foi encaminhado para um hospital particular de Cuiabá e não corre risco de morte.

A Corregedoria da Polícia Militar está acompanhando a ocorrência e instaurará procedimento para apurar a conduta dos policiais.

--------------------
Você sabia que o Portal Weese também está no Instagram, no Facebook e no Twitter? Então não perca tempo e siga a gente por lá.