O atleta sinopense Genivaldo José da Silva, mais conhecido como Gibi, conquistou neste sábado (6) em Orlando, nos Estados Unidos, o título de campeão mundial de kickboxing pelo torneiro U.S. Open ISKA World Martial Arts Championships.

O campeonato, que aconteceu no Coronado Springs Resort, na Disney, é um dos maiores campeonatos de artes marciais do mundo. O atleta também conquistou o primeiro lugar no Point Fight, um torneio menor que ocorre no próprio evento.

Em entrevista exclusiva ao Portal Weese, o atleta falou sobre a sensação de conquistar um título tão importante, não apenas para Sinop, mas para todo o Brasil:

A sensação de ser campeão, como sempre, é muito boa. Não é a primeira, nem a segunda vez, mas é nos Estados Unidos, na Disney. É um grande evento. Dever cumprido, mostrando para a sociedade de Sinop que nossa cidade tem grandes atletas, bons para competir. Não apenas eu, mas muitas outras pessoas. Mas, sem apoio, nós não vamos para frente. Precisamos de apoio, tanto dos políticos quanto dos empresários. Eu tive a oportunidade de conhecer vários professores, treinadores de lutadores e atletas que eu nunca imaginei conhecer. Só tenho a agradecer ao Mestre Carlos, que mora aqui nos Estados Unidos e o presidente da Federação ISKA.

Ele também falou sobre o apoio que recebeu para realizar seu sonho:

Dou graças a Deus por ter muitas pessoas boas me apoiando, como meus alunos, amigos, alguns empresários e o diretor do centro educacional. Ele fez eventos na escola dele, com brincadeiras, tortas na cara, para poder me ajudar.

Lutador sinopense conquista o título de campeão mundial de kickboxing nos EUA (foto: reprodução)

Entre as conquistas de Gibi nos EUA estão dois troféus de homenagem que recebeu pelo projeto que desenvolve em Sinop, o Krav Thai Kick Formando Cidadãos. Neste projeto, ele atende mais de 380 crianças, em parceria com o 11º Batalhão da Polícia Militar. Gibi também falou sobre a homenagem que recebeu:

As pessoas dos Estados Unidos respeitam muito o pessoal que trabalha com crianças carentes. Eles me deram dois troféus muito bonitos, então, só tenho a agradecer.

E Gibi frisou que esse é só o começo das conquistas:

O projeto Krav Thai Kick Formando Cidadãos não vai diminuir. Ele só vai crescer cada vez mais. A minha competição maior é essa: contra a criminalidade e o abuso infantil.

E para completar a trajetória vitoriosa, ele também conquistou o terceiro lugar em outro campeonato, o K1, que também ocorre no evento.

Uma história de superação

O professor Gibi foi aos Estados Unidos depois de receber o convite para fazer o exame de graduação para subir ao 5º Dan de kickboxing. E o convite veio depois de várias atuações bem-sucedidas em campeonatos mundiais.

Segundo o professor, apesar de já ter representado Sinop e o Brasil em vários campeonatos ao redor do mundo, conseguir dinheiro para a viagem foi algo bem complicado. Em Sinop, Gibi também lidera o projeto Formando Cidadãos, em parceria com o 11º Batalhão da Polícia Militar onde atende mais de 320 crianças.

E se você quiser ajudar o mestre Gibi a continuar sua trajetória de conquistas, entre em contato com ele pelo (66) 99921-0304.

E foi através do projeto que o dinheiro veio, com a ajuda de alunos, amigos e empresários da cidade. O lutador também vendeu pizzas para conseguir realizar seu sonho de ir para Orlando. Em vídeos publicados nas redes sociais, Gibi tem mostrado como a dura rotina no exterior. Ele chegou a dormir na rua, para economizar dinheiro.

--------------------
Você sabia que o Portal Weese também está no Instagram, no Facebook e no Twitter? Então não perca tempo e siga a gente por lá.