Jogando no Maracanã, o Brasil chegou ao seu nono título de Copa América neste domingo (7), ao vencer o Peru por 3 a 1. Os gols que renderam o campeonato à Seleção foram marcados por Everton, aos 14 minutos do primeiro tempo, Gabriel Jesus, aos 47 da etapa inicial, e Richarlison, de pênalti, aos 45 minutos do segundo tempo. Paolo Guerrero, também de pênalti, fez o único gol do Peru no jogo, aos 43 minutos do primeiro tempo.

Gabriel Jesus recebeu cartão vermelho no 2º tempo após falta no campo de ataque. Inconformado, o atacante fez gestos de roubo para a arbitragem, deu um soco no banco de reservas e caiu no choro na saída do gramado.

O lance aconteceu aos 24 minutos da segunda etapa. Jesus, na disputa de uma bola no alto com Zambrano, deixou o corpo no zagueiro peruano, que ficou no chão. O árbitro Roberto Tobar foi direito: mostrou o segundo cartão amarelo ao brasileiro, que foi à loucura.

A taça foi erguida pelo capitão Daniel Alves, que a recebeu das mãos de Alejandro Domingues, presidente da Conmebol, consagrando a festa brasileira, no campo e nas arquibancadas.

Governo presente na festa

O presidente Jair Bolsonaro participou da comemoração. Antes, logo no início da partida, ele tomou lugar na tribuna de honra instantes. Bolsonaro estava acompanhado dos ministros da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, da Economia, Paulo Guedes, da Cidadania, Osmar Terra, das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno.

O senador Flávio Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, também estavam presentes.

A CBF comemorou a vitória no Twitter:

--------------------
Você sabia que o Portal Weese também está no Instagram, no Facebook e no Twitter? Então não perca tempo e siga a gente por lá.