O Rei Leão ainda nem estreou nos cinemas, mas as críticas não estão nada favoráveis ao novo remake live-action da Disney. No Rotten Tomatoes, site que compila críticas considerando apenas se elas foram positivas ou negativas, o longa tem apenas 57% de avaliações favoráveis (até o momento desta publicação).

Entretanto, isso não é necessariamente um sinal de que a Disney vai pisar no freio quanto a futuros live-action já que, dos remakes recentes, apenas Dumbo foi um fracasso de bilheteriaA Bela e a Fera, por exemplo, arrecadou mais de US$ 1,2 bilhão, enquanto Mogli: O Menino Lobo e Aladdin chegaram perto do bilhão.

Considerando que O Rei Leão teve a segunda maior pré-venda do ano nos Estados Unidos, perdendo apenas para Vingadores: Ultimato, é improvável que ele desaponte financeiramente.

Para efeito de comparação, confira abaixo a aprovação e a arrecadação dos remakes live-action mais recentes da Disney, usando dados do Rotten Tomatoes e Box Office Mojo.

Filme (ano) / % de aprovação / arrecadação na bilheteria mundial

  • Mogli: O Menino Lobo (2016) – 95% – US$ 966 milhões
  • A Bela e a fera (2017) – 71% – US$ 1.263 bilhão
  • Dumbo (2019) – 46% – US$ 351 milhões
  • Aladdin (2019) – 57% – US$ 925 milhões
  • O Rei Leão (2019) – 57% – [bilheteria não disponível]

Ainda neste ano, a Disney vai lançar o remake de A Dama e o Vagabundo e a continuação de Malévola. Em 2020, Mulan e Cruella chegarão aos cinemas.

Estão em produção também live-actions de A Pequena Sereia, O Corcunda de Notre Dame, A Espada era a Lei, Lilo & Stich, PinóquioBranca de Neve e os Sete Anões e uma continuação de Mogli: O Menino Lobo.

O Rei Leão estreia em 18 de julho no Brasil.

-----------------------------
Você sabia que o Portal Weese também está no Instagram, no Facebook e no Twitter? Então não perca tempo e siga a gente por lá.