Na semana de aniversário de Sinop, o Portal Weese decidiu lançar uma série especial falando um pouco sobre a origem de nossa cidade e sobre os fatos importantes que ocorreram por aqui. Confira:


As origens de Sinop, bem como de boa parte das cidades de Mato Grosso, remontam a década de 1970. Boa parte do Brasil já mostrava um grande desenvolvimento, com cidades enormes e modernas, mas a maioria das terras mato-grossenses ainda permaneciam praticamente intocadas.

No ano de 1971, o empresário Ênio Pipino, ao lado de sua esposa Nilza De Oliveira Pipino e seu sócio João Pedro Moreira de Carvalho, decidiu comprar boa parte dessas terras do representante legal, o Núcleo de Colonização Celeste, que pertencia a Jorge Martins Phillip. A área abrangia 198 mil hectares, que deveriam ser destinadas à colonização.

Sinop cresce em meio a mata

Ênio já tinha uma grande experiência na área, uma vez que já havia colonizado outras 18 cidades no Paraná. Pensando nisso, montou uma estrutura mista de colonização, misturando atividade agropecuária e indústria de transformação.

A estrutura agropecuária constava de secções: Vera, Sinop (Gleba Celeste), Santa Carmem e Cláudia. Cada uma delas teria um centro populacional. Em volta do centro, a curta distância, várias chácaras. Mais ao longe ficariam os lotes rurais. Já a estrutura industrial teria a sede em Sinop.

Um total de quatrocentos homens, liderados pelo topógrafo Benedito Spadoni e pelo gerente geral da empresa Colonizadora Sinop, Ulrich Grabert, vieram no primeiro momento. Eles abriram o caminho por entre a selva para os locais que se transformariam em cidades.

Uma das grandes apostas de Ênio Pipino para a cidade foi a produção de álcool a partir da mandioca, utilizando uma técnica importada de uma Universidade da Suécia, que era novidade em toda a América Latina. Infelizmente, porém, a cultura da mandioca não rendeu como o esperado, devido à grande quantidade de água no solo arenoso e nivelado. Justamente por isso, a usina de álcool não prosperou.

Depois de muitas lutas, Sinop foi fundada, no dia 14 de setembro de 1974. O evento contou com a presença de inúmeras autoridades, dentre elas o então Ministro do Interior, Maurício Rangel Reis, e o então Governador de Mato Grosso, José Fragelli. O nome da cidade significa Sociedade Imobiliária Noroeste do Paraná. E a escolha é significativa, porque mostra que Ênio Pipino acreditava no crescimento da cidade, já que a batizou como o mesmo da sua empresa, apesar do seu conhecido hábito de dar nomes femininos para as cidade que construía em Mato Grosso. A única exceção foi Sinop.

A maior onda de migração para a cidade ocorreu em 1975. E 1976, a cidade foi elevada à categoria de Distrito. Neste mesmo ano, os primeiros moradores elegeram o pioneiro Plínio Calegaro para representar a cidade junto ao município de Chapada dos Guimarães, do qual a cidade fazia parte.

No dia 17 de dezembro de 1979, cinco anos após a sua fundação, a alcançou sua autonomia política e se transformou em município. É por isso que existe uma confusão na comemoração e na idade da cidade: alguns dizem que Sinop tem 40 anos, outros dizem que tem 45. O dois estão certos e, aqui no Portal Weese, escolhemos 45 para honrar ainda mais a cidade.

Logo depois da criação do município de Sinop, o Governo de Mato Grosso nomeou o pioneiro Osvaldo Paula como administrador da nova cidade, até que ocorressem as eleições, previstas para o ano de 1982.

Osvaldo Paula e Ênio Pipino (foto: Museu Histórico de Sinop)

Desde então, outras sete pessoas administraram a cidade:

  • Geraldino Dal Maso – Primeiro Prefeito eleito de Sinop. Administrou o município por 06 anos de 1983 – 1988.
  • Adenir Alves Barbosa – Administrou o Município no período de 1989 – 1992.
  • Antônio Contini – Administrou o Município no período de 1993 – 1996.
    ADENIR ALVES BARBOSA – Administrou o Município pela segunda vez no período de 1997 – 2000.
  • Nilson Leitão – Administrou o Município no período 2001 – 2004. Reeleito, iniciou o seu segundo mandato no ano 2005 e terminou em 2008.
  • Juarez Costa – Administrou o Município no período de 2009 – 2012. Reeleito, iniciou o seu segundo mandato no ano de 2013 e terminou em 2016.
  • Rosana Martinelli – Atual prefeita do Município, foi eleita para a gestão 2017 – 2020.

Amanhã estaremos de volta com mais uma parte da nossa matéria em homenagem aos 40 anos da cidade de Sinop.

--------------------
Você sabia que o Portal Weese também está no Instagram, no Facebook e no Twitter? Então não perca tempo e siga a gente por lá.