Estamos aqui novamente para mais uma dica de Música de Verdade! Hoje vou falar de uma banda relativamente nova, formada em 2014 na cidade alemã de Mannheim. Trata-se da Beyond The Black. Essa banda, que bebe na mesma fonte de outras gigantes como Nightwish, Epica e Within Temptation, tem como grande diferencial o vocal doce quando conveniente e agressivo quando necessário de Jennifer Haben.

A Beyond The Black já tem três álbuns de estúdio lançados e já fez shows ao lado de bandas de respeito no cenário mundial, como Scorpions, Epica, Korn, Queensryche e Within Temptation. A banda também ganhou o prêmio de “Melhor álbum de estreia” no Metal Hammer Award 2015, com o álbum chamado Songs of Love and Death.

Este álbum de estréia da banda só foi lançado no Brasil pela Hellion Records em janeiro de 2017, dois anos depois do lançamento original. Foi nessa época que eu conheci o som da alemoada e fiquei em êxtase. Isso porque me apaixonei pela faixa que inspirou o título deste post. Você pode ouvi-la abaixo:

Running to the Edge (correndo para a borda) carrega todos os elementos necessários para uma boa música de heavy metal melódico: um vocal potente, riffs pesados na guitarra e um solo marcante. Confessando que ando meio cansado de bandas com vocais água com açúcar, que se tornaram tão comuns na cena sinfônica, Beyond The Black surgia como um sopro de ar fresco.

A notícia triste, que tive tão logo comecei a pesquisar sobre o grupo, foi que muita coisa havia acontecido antes deste lançamento no Brasil. O segundo álbum de estúdio, Lost In Forever, foi lançado no dia 12 de fevereiro de 2016 e possuía 13 faixas. Mas, no dia 15 de julho de 2016, a banda anunciou uma separação! Todos os membros saíram depois de um desentendimento com a vocalista Jennifer Haben. Não foi o fim, é claro, já que a garota contratou outros músicos e tocou o barco. Mas, este pequeno detalhe me deixou com uma pulga atrás da orelha.

Talvez seja por isso que eu não tenha gostado tanto de Heart Of The Hurricane, o último álbum, lançado com os novos integrantes. Não que ele não seja bom. Mas eu sinto como se algo tivesse ficado para trás… Talvez seja um impressão deste purista não assumido que eu realmente sei que sou. Ouça a faixa abaixo tire suas próprias conclusões.

Você pode ver esses e outros vídeos no canal do YouTube da banda Beyond The Black clicando AQUI.

-----------------------------
Você sabia que o Portal Weese também está no Instagram, no Facebook e no Twitter? Então não perca tempo e siga a gente por lá.