Mais de 14,3 milhões de cabeças de gado com até 24 meses de idade foram vacinadas durante a etapa de novembro contra a febre aftosa, o que representa 99,86% do rebanho nesta faixa etária existente em Mato Grosso. Os números foram apresentados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e pelo Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT).

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda:

O estado mantém o status sanitário de livre de febre aftosa com vacinação o que é relevante para o mercado e para nosso comércio exterior. Já estamos planejamento, juntamente com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, para algumas áreas da região Noroeste não terem vacinação a partir deste ano. Até 2022, toda a vacinação deverá ser retirada e isso propiciará novos mercados.

Secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, e presidente do Indea MT, Tadeu Mocelin, apresentam dados sobre vacinação (foto: Mayke Toscano)

Trabalhos de divulgação, educação sanitária, fiscalização e apoio dos produtores rurais foram determinantes para alcançar-se estes números. Desde 2007, as etapas de vacinação envolvendo bovinos até 24 meses têm alcançado índices de vacinação superiores a 99%.

Nessa etapa foram realizadas vacinações oficiais em 3.013 estabelecimentos rurais, ocasião em que os animais são vistoriados nos currais para a verificação da sanidade do rebanho. A vigilância veterinária constante confere segurança da ocorrência ou não de doenças infectocontagiosas de interesse para a Defesa Sanitária Animal.

-----------------------------
Você sabia que o Portal Weese também está no Instagram, no Facebook e no Twitter? Então não perca tempo e siga a gente por lá.