MANIFESTO

No Weese, acreditamos em muitas coisas. Acreditar é preciso, afinal de contas. Acreditamos que o mundo está repleto de histórias e que temos a obrigação moral de conta-las, dividi-las como o maior número de pessoas possível. E também acreditamos nas pessoas, na capacidade que elas têm de nos surpreender, para o bem e para o mal.

Acreditamos que as lentes das câmeras são mais poderosas que as armas. Que a sabedoria da paz vence a ignorância da força bruta. Acreditamos que o planeta é gigantesco e que todas as pessoas têm um lugar de destaque nele. Vivemos em função disso.

Acreditar, hoje mais do que nunca, é fundamental. Mas é preciso entender que isso é só o primeiro passo. Também não podemos acreditar em tudo. Acreditamos que rumores precisam de provas para se tornarem fatos. Acreditamos que a verdade deve ser o farol do bom jornalismo. Que a parcialidade, ainda que desacreditada por alguns, merece ser buscada como um novo Graal do século XXI, para que opiniões e acontecimentos não se misturem.

No Weese, o ato de acreditar é levado a sério. Mas o ato de comprovar também. Acreditamos porque vale a pena, porque podemos provar.