A grande final da Copa da Primeira Liga já conta com duelos definidos, Atlético Mineiro e Londrina chegaram a decisão depois de passarem por Paraná e Cruzeiro, respectivamente. Será uma das poucas chances das equipes finalistas mostrarem seu valor na temporada. E talvez a última cartada de um campeonato que se desenvolveu erradamente.

A Primeira Liga tinha tudo para dar certo, chegou com a ideia de mudar a organização dos campeonatos nacionais, já que era gerenciada e administrada pelos próprios clubes que participavam. Algo semelhante dos principais torneios da Europa onde não há a figura de uma federação no caso a CBF, UEFA ou FIFA.

É uma competição que começou errado desde o seu nome, já que a Primeira Liga do Brasil se chama Copa do Nordeste. Outro erro evidente é a falta de importância que os clubes deram à ela, o Grêmio por exemplo, colocou em todas as suas partida o time de transição, sua terceira opção, enquanto que os titulares focavam-se no Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores.

A Copa até tinha mística que se aplicada corretamente seria interessante por conta, principalmente de reunir clubes de várias regiões. No ano que vem caso seja realizado podem integrar clubes de Goiás, Mato Grosso e Pará, mostrando assim que há futebol fora do eixo Sudeste e Sul.

Leia +  Novos livros do universo de Harry Potter saem em outubro

Pois bem, a Copa da Primeira Liga não conseguiu mostrar o seu valor seja para a torcida ou dirigentes. Vai aí uma sugestão aos ‘fundadores de campeonatos’, criem Ligas que movimentem clubes que não tenham agenda anual completa, como times das Séries B, C e D. E principalmente deixem de fora equipes da primeira divisão, eles já tem diversos campeonatos não precisam de mais um, só para ‘status’.

O que mais me espanta é que chega no final do ano e os dirigentes, treinadores e jogadores pedem uma reorganização nos campeonatos e que não tenham jogos a cada três dias para evitar o desgaste e as lesões. Eu encerro esse artigo fazendo uma pergunta a você leitor! Como organizar um calendário anual com equipes que chegam a atuar mais de 80 vezes na temporada e precisam jogar em menos de 300 dias?

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE SEU COMENTÁRIO ----------------

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here